Trending
Filho falece. Quando os pais regressam do hospital encontram uma carta que deixou para eles
Este menino de 6 anos deixou uma nota tocante para seus pais. Espere até ler o que diz
Jenny Brown
03.08.18

Espero que tenha lenços de papel porque esta história vai fazê-lo chorar.

Esta é a história da última mensagem de Leland Shoemake para os seus pais antes de falecer. A criança de 6 anos de Williamson, Georgia, morreu em 25 de setembro após semanas de tratamento para Balamuthia Mandrillaris (ameba que se alimenta do cérebro.)

Os seus pais regressaram a casa pela primeira vez sem o filho e encontraram uma carta que estimarão para sempre.

Screen Shot 2016-10-01 at 2.51.57 PM
Facebook Photo
Source:
Facebook Photo

Enquanto a mãe estava no quarto do menino a preparar-se para o funeral, Tim encontrou a carta na sala de estar onde Leland gostava de desenhar. Tim começou imediatamente a chorar enquanto lia a carta. Correu então para junto da mulher para lhe mostrar o que tinha descoberto.

Na carta dizia: «Ainda convosco. Obrigado mãe e pai. Amo a mãe e o pai».

Screen Shot 2016-10-01 at 2.51.09 PM
Facebook Photo
Source:
Facebook Photo

«Dizer que quebrei é pouco», disse Amber. «Chorámos juntos por imenso tempo.»

A criança escrevia frequentemente cartas e fazia desenhos, mas esta era diferente – era a mais estimada. A família planeia emoldurá-la e pendurá-la na sala.

Facebook Photo
Source:
Facebook Photo

A mãe diz na publicação de Facebook que Leland era um menino inteligente e curioso.

Screen Shot 2016-10-01 at 2.51.47 PM
Facebook Photo
Source:
Facebook Photo

«Ele sabia o alfabeto, os números, cores, formas e 20 palavras quando tinha um ano. Era o nosso pequeno nerd e adorávamos isso nele. Adorava a escola e aprender. Adorava o canal História, o canal da meteorologia, documentários e tudo o que envolvia história», escreve. «Tinha fome de aprender.»

Facebook Photo
Source:
Facebook Photo

Leland não só era inteligente e curioso como também sociável. Conversava com qualquer um que fizesse contacto e a sua personalidade amigável até trouxe novos amigos aos seus pais.

Screen Shot 2016-10-01 at 2.52.39 PM
Facebook Photo
Source:
Facebook Photo

Uma linda criança que foi levada tão cedo…

A carta deixada pela criança é linda – algo que todos deviam ver. Palavras não conseguem descrever o que significa para um pai encontrar algo assim. Será recordado para sempre, pequena criança.

Por favor, PARTILHE isto com os seus amigos e família.

Para sua conveniência, toda a história da The Leland Shoemake Foundation foi citada abaixo:

Eu sou a Amber. Este vai ser a minha última publicação por aqui por algum tempo.

Eu era muito protetora com o Leland e dava o meu melhor para o manter seguro. O que ele mais gostava era brincar na lama. Nunca imaginei que seria isso que o levaria de mim. Ele era o meu mundo. Ele fez de mim mãe. Lutámos tanto para o ter. Era um bebé prematuro, mas veio ao mundo a gritar e saudável. Era esperto desde o primeiro dia. Sabia o alfabeto, números, cores, formas e 20 palavras quando tinha um ano. Era o nosso pequeno nerd e adorávamos isso nele. Adorava a escola e aprender. Adorava o canal História, o canal meteorológico, documentários e tudo relacionado com história. Adorava navios como o Titanic e aprender coisas com a 2ª Guerra Mundial. Era perfeito. O seu filme preferido era o «Tubarão». O realizador preferido era o Steven Spielberg. O seu ator favorito era o Adam Sandler. Amava muito o seu irmão e a sua família. Era a vida de todas as festas. O seu sorriso podia iluminar uma cidade. Era o menino mais inteligente, carinhoso, adorável que já existiu.

Foi levado de nós demasiado cedo.

Poderia ter feito grandes coisas no mundo. Apenas teríamos poucos amigos neste condado se não fosse pelo Leland. Adorava toda a gente. Toda a minha vida este foi o meu único medo e tornou-se real. Ninguém deveria ter que enterrar um filho. Digo sempre que espero que seja eu a ir primeiro porque acho que não sou forte o suficiente para lidar com algo assim.

Ainda não parece real.

Às vezes fico aqui sentada a lembrar-se das coisas que ele diria e frases de filmes que citaria. Como «check ya later» de Juventude Inconsciente. Ou «you’re gonna need a bigger boat» de Tubarão. Ou das milhares de coisas que costumava dizer de Um Milionário na Escola.

Ele era a luz da nossa vida e o centro da família. Conto os dias para poder ver a sua querida face novamente e ouvir a sua linda voz.

Quando Tim e eu viemos a casa pela primeira vez para escolher as roupas para o enterro, esta foi a carta que encontrámos na mesa da sala. Não fazemos ideia de quando a escreveu, mas podem ver que era uma criança especial.

Vamos amar-te para sempre, Leland. Dorme bem e bons sonhos!

[Source: Facebook]

By Jenny Brown
hi@sbly.com
Jenny Brown is a senior writer at Shareably. She is based in San Francisco and can be reached at hi@shareably.net.
Advertisement
Advertisement